Festival São João

Festival São João 2015

   


Casas Bahia apresenta Festival São João com Seminário e Show em Cachoeira, na Bahia, com presença de Gilberto Gil e convidados.

Nos dias 05 (sexta-feira) e 06 de junho (sábado), com dois eventos gratuitos, envolvendo Seminário e Shows, o Festival São João incentiva e promove a cultura brasileira por meio das festas populares.

A Casas Bahia dentro de sua atuação e investimento cultural, através da Fundação Via Varejo, apresenta o Festival São João, em Cachoeira, na Bahia. O Festival, que acontece nos dias 05 e 06 de Junho, pretende criar uma ampla discussão, incentivando a participação comunitária, sobre as formas de expressões e apropriação cultural neste território, com foco nas festas populares e em especial a Festa de São João.

O grande objetivo do evento é discutir sobre a importância da tradição das festas populares do Brasil, nesse caso, o São João, como parte da identidade social do país, compreendendo, também, as mudanças ocorridas ao longo do tempo.

A escolha da cidade de Cachoeira, no Recôncavo Baiano, tombada pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), com seus 484 anos, se deu por trazer em sua história grandes festas juninas, e ao mesmo tempo, por vivenciar as contundentes transformações destes festejos, fato que traz uma grande contribuição ao debate, ao mesmo tempo em que ainda preserva ícones da festa tradicional de São João.

Para Susy Yoshimura, diretora da Fundação Via Varejo "Quando decidimos, por meio da Casas Bahia, direcionar parte dos nossos investimentos culturais para fomentar a riqueza e diversidade das festas populares  brasileiras, entendemos que contribuímos para o fortalecimento das representações que, acima de tudo, são ponto de conexão da sociedade brasileira, de nossa formação como povo. O Festival São João é o projeto que inaugura a nossa atuação como fomentadores das Festas populares”.

Na abertura do Festival São João, no dia 05 de junho (sexta-feira), acontecerá o Seminário, composto por  palestras e rodas de conversa trazendo diversos estudiosos, amantes e fazedores da cultura junina.

Foram  convidados a participar, artistas como Gilberto Gil, Mestre Avelino e Bule Bule (Antônio Ribeiro da Conceição), além de acadêmicos como os professores, Jânio Roque, Arany Santana, Carlota Gottschall; integrantes da escola de arte Oi Kabum  e a Casa de Samba da Dona Dalva. As atividades serão realizadas no Cine Theatro Cachoeirano, tradicional patrimônio da cidade baiana, tombado pelo IPHAN, em 1937 e reaberto ao público em 2014, depois de 20 anos fechado.

No segundo dia do Festival São João, no dia 06 de junho (sábado), estão programados shows gratuitos, ao ar livre, na Praça da Câmara Municipal (Praça da Aclamação) com as atrações Danton do Acordeon, Cicinho de Assis e Gilberto Gil & Cordestinos, convidando a cantora e instrumentista Lucy Alves.

O Festival São João foi idealizado e produzido pela Suindara Radar e Rede, Expresso 2222 e Espiral.

Sobre a Fundação Via Varejo

A Fundação Via Varejo é o braço da Via Varejo, empresa que administra as marcas Casas Bahia e Pontofrio, responsável pelos investimentos em ações que incentivam e promovem o desenvolvimento pessoal e profissional de colaboradores e também da sociedade. São três os pilares que estruturam as atividades incentivadas pela Fundação: Social, Cultural e Esportivo.

Fazem parte da plataforma social, projetos que trabalham diretamente na erradicação da pobreza e tecnologias inclusivas. O investimento em esporte é direcionado às ações que impulsionem a transformação social e a qualidade de vida por meio da prática esportiva, com a democratização de corridas e caminhadas de rua.

O investimento em cultura está pautado, com a marca Casas Bahia, em projetos que incentivam a valorização da cultura brasileira, por meio da tradição e fortalecimento da identidade nacional, através de festas populares e também da difusão de novas expressões culturais urbana das periferias; e, com a marca Ponto Frio, em ações que se relacionam com a Cultura Contemporânea, por meio de projetos que unam arte, tecnologia e ressignificação dos espaços urbanos.

 

Programação – Festival São João 2015 – 05 de junho (sexta-feira) – Seminários – Cine Theatro Cachoeirano

10h - Abertura

Abertura: Prof. Arany Santana - Educadora, atriz e gestora pública é licenciada em Letras pela Universidade Federal da Bahia. Participou da fundação e, atualmente, é diretora do bloco afro de carnaval - Ilê Ayê. Estreou a gestão da Secretaria Municipal da Reparação em 2003. Em 2010, assumiu a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza. Atualmente é diretora do Centro de Culturas Populares e Identitárias, CCPI - órgão da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia – SecultBA.

 

10H30 às 11H30 - Palestra do Dr. Janio Roque Barros de Castro (UNEB)

Tema : A espetacularização das festas juninas em pequenas cidades e peculiaridades lúdico-festivas locais / regionais

Além da espetacularização e da mercantilização, as festas de São João da contemporaneidade ainda são espaço/tempo do encontro, do reencontro, do congraçamento, da celebração, das possibilidades de novas sociabilidades, que podem ser viabilizadas no espaço íntimo da casa, no espaço funcional da hospedagem ou no espaço coletivo da rua ou mesmo no espaço racionalizado patrimonialmente da arena privada.

Dr. Janio Roque Barros de Castro (UNEB) - Formado em Geografia pela Universidade Estadual de Feira de Santana - UEFS, Mestre em Geografia e Doutor em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal da Bahia - UFBA. É Professor Adjunto da Universidade do Estado da Bahia - UNEB - Campus V Santo Antônio de Jesus e Coordenador do Colegiado de Geografia do DCH - UNEB - Campus V. Orienta dissertações de Mestrado, pesquisas de iniciação científica e monografias de graduação. Membro de Conselhos editoriais e científicos de Revistas da Área de Geografia e Ciências Humanas de Universidades brasileiras. Atua nas áreas de Geografia Cultural e Geografia Urbana com os seguintes temas: dimensões espaciais de festas populares, manifestações culturais materiais e imateriais no / do espaço urbano, ensino de Geografia, dinâmica e planejamento urbano de pequenas cidades, diálogos e interfaces entre Geografia e Literatura. Vice-líder do Grupo de Pesquisa RECÔNCAVO: Território, Cultura, Memória e Meio Ambiente e vice-líder do Grupo de pesquisa TERRACULT - Territórios da Cultura Popular, ambos inscritos no CNPQ. Membro da Rede NEER - Núcleo de Estudos em Espaço e Representações. Ministra cursos em eventos acadêmicos sobre a relação entre cidades e cultura e o papel da Geografia Cultural na análise do espaço urbano na contemporaneidade. É membro da Rede Cidades Médias e Pequenas da Bahia - RCMP. Membro Titular do Conselho de Cultura da cidade de Santo Antônio de Jesus - BA.

 

11H50 às 12H50 – Mesa Debate com participação de : Profª. Carlota Gottschal (FUNCEB/Observatório de Economia Criativa-MINC/UFBA) - Sr. Jose Luiz Bernardo - (Secretário de Cultura de Cachoeira)

Tema : Participação e Coletividade nas festas de São João

Nas últimas décadas, em diversas localidades, a ação da indústria cultural transformou o São João tradicional em evento comercial e promoveu uma relativa padronização do festejo, nos moldes de um espetáculo carnavalesco, com shows realizados por bandas midiáticas de sucesso regional, estadual e nacional. Desta forma, se, de um lado, as festas juninas geram benefícios econômicos para as localidades baianas, de outro, o modelo de festa-espetáculo compromete a diversidade cultural da celebração

Prof. Carlota Gottschal (FUNCEB/Observatório de Economia Criativa-MINC/UFBA) - Possui graduação em Ciências Econômicas e é Mestre em Comunicação e Cultura Contemporânea pela Universidade Federal da Bahia. Nos últimos anos desenvolveu diversos trabalhos na área da Economia da Cultura, dentre estes a coordenação de pesquisas sobre o Comportamento dos Residentes de Salvador no Carnaval e o Impacto das Festas Juninas sobre os municípios baianos. Foi Diretora de Economia da Cultura da Secult/Ba e, atualmente, é assessora da Fundação Cultural do Estado da Bahia - FUNCEB, é professora do Curso de Publicidade e Propaganda da UCSAL e integra o Observatório de Economia Criativa – MINC/UFBA. Tem experiências como Consultora nas áreas de Economia, Cultura e Turismo.

Sr. Jose Luiz Bernardo - (Secretário de Cultura de Cachoeira)

 

15H00 às 16H00 – Mesa Debate - Festas populares no cenário da globalização - Como o jovem se relaciona com as questões de identidade das festas populares?

Com : Elza Abreu (Educadora Oi Kabum), Alunos Oi Kabum e Casa de Samba da Dona Dalva

 

Elza Abreu (Educadora Oi Kabum) - Artista visual e educadora é moradora da cidade de Salvador, Bahia. Atua como fotografa e designer profissional desde 1997, é coordenadora do núcleo de fotografia e designer da Oi Kabum Salvador, atuou como educadora no Projeto Giro Design Social e Ecologia.  Foi professora de fotografia do Instituto Casa da Photografia de 2006 a 2013. Coordenadora do Instituto Jair Moura, núcleo de pesquisa e documentação da capoeira e a TV Capoeira. Fundou a empresa Vogal Imagem. Hoje é fotografa do Instituto Aliança. Graduou-se em Design com ênfase em computação gráfica pela UNIFACS e possui larga experiência em educomunicação, fotografia, vídeo e coordenação de projetos na área social, entre eles Trilhas da Petrobrás e Gamboarte. Coordenou a linguagem de fotografia do Projeto Festas Populares de Salvador pela Oi Kabum.

Alunos Oi Kabum: Raiane Vasconcelos e Vaguiner Brás

16H00 às 16H50 – Roda de conversa, palestra e performance artísticas

Mediação: Gilberto Gil e participação de Bule Bule (Antônio Ribeiro da Conceição) e do Mestre Avelino

Conversa poética e performática sobre as tradições juninas.

Mediação: Gilberto Gil – Com um papel fundamental no processo constante de modernização da Musica Popular Brasileira. Na cena há 49 anos, ele tem desenvolvido uma das mais relevantes e reconhecidas carreiras como cantor, compositor e guitarrista. A importância de Gilberto Gil na cultura nacional vem desde os anos 60, quando ele e Caetano Veloso criaram o Tropicalismo. Radicalmente inovador no cenário musical, o movimento assimilou a cultura pop aos gêneros nacionais; profundamente crítica nos níveis políticos e morais, o tropicalismo finalizou sendo reprimido pelo regime autoritário militar. Por seu engajamento sempre criativo em levar para o mundo o coração e a alma da música brasileira, Gilberto Gil tem sido contemplado por diversas entidades e personalidades e tem recebido muitos prêmios no Brasil e no exterior

Bule Bule - Um dos mestres da cultura popular nordestina mais renomados do Brasil. Antônio Ribeiro da Conceição, nome artístico Bule-Bule,  vem de uma região onde as influências culturais do sertão e do recôncavo baiano se misturam e contribuíram decisivamente para o arcabouço artístico deste grande poeta. Esta figura emblemática da cultura popular, conhecido como o maior repentista da Bahia, também é um excelente cordelista, com mais de 100 títulos publicados, um exímio sambador e tiraneiro, e um forrozeiro de grande valor, tendo todas estas virtudes comprovadas em seus oito discos e dois DVDs gravados em mais de 45 anos de carreira.

Mestre Avelino - Conhecido pela criação do “Segura a Veia”, o mestre Avelino Ventura Santos, continua alegre e bem disposto. Filho do senhor Teodorico Ventura e de Maria Evarista Santos, ambos de Cruz das Almas, o muritibano Avelino não se cansa de demonstrar o seu amor pela música e pela cultura do município. Aos 84 anos, pai de 25 filhos, o autor da famosa apresentação “Segura a Véia” revela que ainda tem fôlego.

 

17H00 às 18H00 – Perguntas, discussão e síntese

Prof. Arany Santana

 

Programação – Festival São João  – 06 de junho (sábado) – Shows – Praça Câmara Municipal (Praça da Aclamação)

18H20 às 19H00

Show de Danton do Acordeon - Danton aprendeu a tocar acordeon aos 7 anos,  quando foi acometido de um sarampo, no isolamento, seu pai,  Jacob lhe deu uma sanfona de brinquedo. A partir dai, Danton não parou mais. Já aos 11 anos Danton animava quadrilhas, casamentos da roça, trancas fitas etc. Optando pelo “Pé de serra”, Danton e sua Banda (Ases do Forró), dominavam um vasto repertorio de clássicos de baião, xote, xaxado e galope, conquistando dessa forma, grandes públicos.

 

19H10 às 20H00

Show  de Cicinho de Assis - Baiano, natural de Senhor do Bonfim, Cicinho de Assis é um sanfoneiro ligado à cultura nordestina, que realiza um trabalho original, voltado para o forró pé de serra. Durante cinco anos, Cicinho fez parte da banda de Gilberto Gil, participando de projetos marcantes na carreira do artista, a exemplo de, Eu, Tu, Eles, São João Ao Vivo, Kaya N’Gandaya e Gilberto Gil Eletroacústico.

 

20H30 às 22H00

Show de Gilberto Gil & Cordestinos com participação de Lucy Alves – Um momento especial no encerramento do Festival São João. Na apresentação, Gilberto Gil e  os Cordestinos convidam ao palco a cantora Lucy Alves, alternando sucessos de todos os artistas. Serão mais de 15 músicas, entre números instrumentais e grandes canções, como Morena Tropicana e De Onde Vem o Baião, com interpretação de Lucy e Lamento Sertanejo, Vem Morena, Asa Branca, Xote das Meninas, Expresso 2222 e Olha Pro Céu, na voz de Gil.

Gilberto Gil: http://www.gilbertogil.com.br/ -  https://www.facebook.com/gilbertogiloficial

Cordestinos: https://www.facebook.com/Cordestinos?fref=ts

Lucy Alves: http://www.lucyalves.com.br// - https://www.facebook.com/lucyalves.brasil

 

Serviço:

 

Seminário

Quando: 5 de junho (sexta-feira), a partir das 10h
Local: Cine Theatro Cachoeirano – Rua 25 de junho, 0, Centro – Cachoeira (BA)
Para participar: gratuito, 200 lugares, por ordem de chegada.

 

Show – Entrada Gratuita

Quando: 6 de junho (sábado), a partir das 18h
Local: Praça da Câmara Municipal (Praça da Aclamação)
Shows de : Danton do Acordeon, Cicinho de Assis, Gilberto Gil & Cordestinos convidam Lucy Alves

 

Mais informações à imprensa e fotos em alta resolução:

Assessoria de Imprensa nacional – Festival São João 2015

MARRA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

Tel.: (11) 3258-4780

Paulo Marra: marra@paulomarra.com.br

Vinícius Oliveira: vinicius@paulomarra.com.br

 Assessoria de Imprensa na Bahia 

X356y163_festival-sao-joao